capsulotomia

O que é a “limpeza das lentes” (capsulotomia) e para que serve?

O que é a “limpeza das lentes” (capsulotomia) e para que serve?

Em geral meses ou anos após a realização da cirurgia de catarata, em que é posicionada uma lente intraocular em substituição ao cristalino (lente natural do olho) opaco, pode ser notado um embaçamento visual decorrente de uma opacidade posterior a essa lente intraocular, que chamamos de opacidade de cápsula posterior. Então um laser para capsulotomia (abertura da cápsula), ou mais conhecido popularmente como “laser para limpeza das lentes” é indicado para que melhore esse embaçamento através de uma abertura nessa cápsula opacificada.

Como o esse procedimento é realizado?

Após consulta oftalmológica e caso o médico oftalmologista identifique uma opacidade da cápsula posterior que prejudique a visão do paciente, ele então irá indicar a realização do procedimento de capsulotomia. Esse procedimento é muito seguro, rápido (aproximadamente 5 minutos), indolor e pode ser realizado no próprio consultório através de um aparelho específico de laser (YAG LASER) para esta finalidade.

O procedimento é realizado da seguinte forma:
– É necessário dilatação da pupila, portanto é recomendado que venha com acompanhante pois um leve embaçamento após o procedimento é esperado;
– Após a dilatação um colírio anestésico é instilado;
– Um laser (YAG) é utilizado para realizar uma abertura na parte de trás da cápsula da lente;
– Após o procedimento, o oftalmologista pode ou não prescrever colírios e geralmente o paciente está liberado a realizar todas as suas atividades diárias normalmente após algumas horas depois do procedimento;
– Dispensa internação

Existem riscos da capsulotomia posterior?

Como dito anteriormente, é um procedimento extremamente seguro, porém como em qualquer procedimento médico não está isento totalmente de riscos, e apesar de pouco frequente algumas situações podem ocorrer tais como:

  • Presença de “moscas volantess” que são pequenos pontos pretos na visão (mais comum);
  • A pressão do olho (intraocular) pode aumentar;
  • Edema na região macular de aspecto cistóide;
  • Muito raramente, descolamento de retina.

Porém com um profissional capacitado, os risco são mínimos. Agende sua consulta com o oftalmologista e avalie sua necessidade ou não de “limpeza nas lentes”. Qualquer dúvida pode entrar em contato conosco.

Compartilhe esse artigo