retinografia

RETINOGRAFIA

A retinografia colorida é um exame que o médico oftalmologista pode analisar estruturas do fundo de olho e detectar possíveis alterações ou anormalidades nessa área.

A seguir explicaremos um pouco mais sobre esse exame para que você entenda a importância e quais as principais doenças que podem ser diagnosticadas.

O QUE É A RETINOGRAFIA ?

A retinografia é um exame feito através do equipamento chamado de retinógrafo. Através desse aparelho é obtido uma imagem que fotografa o fundo de olho, ou seja, a região que se encontra a retina (mácula), o nervo óptico, a coroide e os vasos sanguíneos da retina.

Como a retinografia é realizada?

O procedimento é indolor e, primeiramente é necessário que o paciente esteja com as pupilas dilatadas para realização do exame para adquirir uma melhor imagem.
A retinografia é realizada com o paciente sentado e as pupilas previamente dilatadas, em frente ao aparelho retinógrafo, que capta as imagens do fundo dos olhos do paciente, com o auxilio de um técnico. Após um forte flash de luz a fotografia é realizada e enviada para um software que disponibiliza a imagem captada na tela do computador.

QUANDO A RETINOGRAFIA É INDICADA?

Em geral, a retinografia é indicada para identificar alguns tipos de doenças que afetam a retina e o nervo óptico. Além disso, é importante para o acompanhamento durante o tratamento de doenças que envolvam a retina, o nervo óptico e/ou os vasos da retina. Nesse exame pode ser avaliado a presença de pontos ou manchas vermelhas que podem ser por hemorragias (sangramentos); estreitamento dos vasos da retina; pontos ou manchas brancas que podem representar áreas sem circulação sanguínea (isquemia); alterações do nervo óptico. Portanto, esse exame é frequentemente realizado em pessoas que apresenta uma alta miopia; diabetes (retinopatia diabética); hipertensão (hipertensão arterial sistêmica); uveítes posteriores (para acompanhar a evolução do quadro), nevus, tumores intraoculares, lesões na área macular, glaucoma e outras alterações no nervo óptico.

QUAIS DOENÇAS PODEM SER DIAGNOSTICADAS POR MEIO DA RETINOGRAFIA?

A retinografia permite visualizar as imagens do fundo de olho e identificar, se houver, alterações na retina, nervo, coróide e vasos sanguíneos. Através da consulta com o médico oftalmologista ele pode analisar estas imagens e diagnosticar algumas doenças entre as mais comuns, são:
retinopatia diabética;
• retinopatia hipertensiva;
• lesões e descolamento de retina;
degeneração macular;
• glaucoma;
• entupimentos de veias na retina (oclusão vascular);
• distrofias de retina;
• tumores;
• Uveítes
O médico oftalmologista é o profissional indicado para realizar e avaliar exames de retina, assim como receitar medicamentos, tratamentos e realizar cirurgias.

Compartilhe esse artigo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email